Roland e a Torre

13
Como eu não quero estragar a experiência daqueles lendo ou planejando ler esta maravilhosa série, a questão será no modo spoiler e o título é bastante vago de propósito. Passe o mouse para ver a pergunta.
Não faça isso se você estiver lendo ou planeja ler os livros!

Então aqui vamos nós:

When Roland enters the last room of the Dark Tower, he starts again, almost from scratch (The wheel of Ka turns...) but with the slight difference of now having Eld's Horn with him.
I found several references to when Cuthbert let the Horn and when Roland wakes up after dreaming about this (mainly in Wolves of the Calla).

Roland will let it lie in the dust. In his grief and bloodlust he will forget all about Eld's Horn.
Roland awoke from another vile dream of Jericho Hill in the hour before dawn. The horn. Something about Arthur Eld's horn.
... Roland agreed, thinking of Jericho Hill. Thinking of the fallen horn.

It's quite clear the horn is important and we understand why at the end ans the seventh book but I don't get how it will make things different as Roland will start again his journey, as I don't remember of any situation where Roland misses the Horn and where things would have gone differently with it. There should be one but I don't find it

    
por LudoMC 04.05.2011 / 00:41
fonte

4 respostas

9

Em Wikipédia :

At the end of the seventh novel, it is revealed that he is trapped in a repetitive reincarnation, his "damnation" for his crimes and killings (similar to Stephen King's short story "That Feeling, You Can Only Say What It Is in French", in which he expresses that his idea of hell is repetition.) However, it is also suggested that this eternal repetition is not quite eternal; after his rebirth at the end of the novel, it is revealed that in this particular reiteration of his journey, he possesses the Horn of Eld which in his previous pilgrimages he had lost in the final stand at Jericho Hill, the one major element which was discrepant from his approach to the tower and Childe Roland's approach in Robert Browning's Childe Roland to the Dark Tower Came ("Dauntless the slug-horn to my lips I set...") In this way, it is suggested that Roland might yet find salvation from his personal hell.

Como eu vejo, o chifre pode fazê-lo lembrar da morte sem sentido de seu primeiro ka-tet e fazê-lo reconsiderar sacrificar seu segundo ka-tet para alcançar a torre.

    
por 04.05.2011 / 13:32
fonte
4

Em Childe Roland para a Torre Escura veio, descreve Roland soando seu chifre na face da Torre Negra. O poema parece ser em partes iguais em profecia e aconselhamento, embora Roland apenas o encontre no final de suas viagens (The Dark Tower).

There they stood, ranged along the hill-sides, met
To view the last of me, a living frame
For one more picture! in a sheet of flame I saw them and I knew them all. And yet Dauntless the slug-horn to my lips I set,
And blew “Childe Roland to the Dark Tower came.”

Como muitas coisas que ajudam o Ka-Tet (e neste caso apenas Roland, Oy e Susannah), o poema é enviado pela Torre Negra, ou por Stephen King (que aparentemente é um agente direto da Torre). ). Assim, a Torre quer, pretende que ele tenha o chifre quando se encontrarem. Como ele não o tem, e seria impossível recuperá-lo agora, ele deve reiterar sua jornada. Pode ser que sua tristeza por permitir que ele se perca (Lobos da Calla) abre o caminho para a Torre devolvê-lo a ele em sua próxima jornada.

Finalmente, parece-me recordar (e gostaria de ter uma concordância para poder procurar) que, em algum momento, Roland sonha com seu encontro com a Torre Negra e nela, está caminhando em direção à Torre, chamando Os nomes de todas as pessoas importantes em sua vida, e quando ele termina, a Torre soa seu chifre, que ele responde com o seu próprio. Isso pode ser uma má lembrança, mas eu não tenho certeza.

    
por 22.03.2013 / 20:22
fonte
0

Eu tomei isso como uma penitência, que ele realmente tinha estado na torre antes, e provavelmente seria novamente. Lembre-se que Cort citou que ele iria desgastar as almas de inúmeras botas em sua caminhada para o inferno. Eu vejo a torre como algo que ele vai conseguir quando devidamente arrependido e suportando completamente a dor de sua primeira ação, o assassinato da mãe, todo o caminho até o sacrifício de Oy ... Apenas minha opinião.

    
por 17.10.2013 / 02:29
fonte
0

O fato de que o chifre foi perdido em jericho hill é um pouco de uma pista quanto ao seu propósito. No rei james bible, jericho é cercado por uma parede impenetrável, que é derrubada pelo som de chifres. Do meu ponto de vista, o mundo rolands está no futuro de nossa própria linha do tempo, nós somos os antigos, os robôs guardam e as máquinas alimentam a torre escura. O mundo seguiu em frente depois que essas coisas foram feitas, acredito que a torre em si era uma de suas tecnologias. É descrito como um cata-vento de que todos os universos se manifestaram. Eu acho que os antigos criaram a torre como uma maneira de viajar no tempo e nas dimensões, como visto nos pôsteres turísticos do 11 de setembro, mas uma vez que ela apunhalou todas as realidades, começou a derreter, criando timbres e distorções entre os vários mundos. Eu acho que a verdadeira missão do rolands é tocar a buzina e derrubar a torre.

    
por 17.07.2015 / 11:38
fonte